TIPOS DE CLIENTES 1/3
Na maioria das vezes, o que está visível em um iceberg é a
pontinha que fica para fora da água. Na pontinha, temos o
nosso primeiro tipo de cliente, e geralmente você e a sua
concorrência estão todos buscando convertê-lo. Mas que
tipo de cliente é esse?
Cliente super motivado (csm)
O csm tem duas grandes vantagens:
→ Ele sabe que precisa do seu produto.
→ Ele está procurando pelo seu produto.
Para esse cliente, tudo o que você precisa fazer é
apresentar sua oferta na frente dele. Não precisa nem ser
elaborada, é só falar o que você vende, quanto custa e
como ele faz para comprar. É tipo uma pessoa que em
janeiro se olha no espelho e fala: “Chega! Preciso perder
peso urgentemente. Vou me matricular na primeira
academia que vir pela frente”.
Isso exige o mínimo de estratégia e esforço, e é
exatamente por isso que a pontinha do iceberg é onde a
grande maioria das empresas e das marcas atua. Logo, é aí
que você terá toda a sua concorrência disputando esses
clientes com você. O que vai acontecer é que você acaba
tendo que brigar por preço com a sua concorrência e,
consequentemente, tende a diminuir a margem de lucro do
seu negócio.
Assim, o csm acaba apresentando duas desvantagens:
→ Alta concorrência.
→ Pequena amplitude de mercado (você vai entender
melhor essa ideia nos próximos tipos de cliente).
Por isso, se você está em um mercado no qual a
concorrência ainda está muito baixa por esse tipo de
cliente, começar por ele é melhor coisa que você
pode fazer.
Agora, se a concorrência está muito grande ou se você
acredita que já esgotou essa fatia do mercado e ainda
deseja aumentar suas vendas, você vai querer aprender
algumas técnicas de mergulho para poder ir um pouco mais
fundo nesse iceberg: em direção ao segundo tipo de cliente.
“Um louco
sem resultados
é chamado
de louco.
Um louco
com resultados
é chamado
de gênio.”